Paisagem hipnótica

Um deserto. Siga minha voz. Um deserto cujo oásis é Casablanca. Mantenha-se calmo, num deserto todas suas preocupações são menores. Preocupe-se em respirar. Casablanca está próxima. As dunas mudam de cor ao longo do dia. Brancas, laranjas, vermelhas, cinzas, azuis. Respire, siga minha voz ao longo da viagem. Caravanas de beduínos cruzam com nossos camelos e nós trocamos algumas palavras. Mantenha-se calmo.

Um deserto de neve. No caminho a Casablanca. A neve começa a cair do céu lentamente, como o maná dos deuses. Respire, siga minha voz. Veja como cai a neve pelo céu azul. Todas suas preocupações são menores. Casablanca está próxima. As dunas permanecem à sua frente, embranquecidas de neve. À noite não haverá mais neve.

Uma pedra esconde uma caverna. Um oásis no caminho do grande oásis. Mantenha-se calmo, a neve continua caindo. Respire, vamos adentrar a cova. Siga minha voz. Ouça o barulho da água correndo. Você sente frio, a caverna é inteira em gelo. Deite-se na caverna. Sinta-se confortável. Você não tem vontade de levantar. Respire e não se preocupe.

Veja a árvore. No meio da caverna ela cresce frondosa, uma oliveira antiga. Os troncos retorcidos. O rio segue a seu lado. Siga minha voz. Respire, ouça o barulho do rio. Você pode se controlar. Observe as estalactites de gelo. Veja como a água pinga no solo arenoso. É muito perigoso nos perdermos. Mantenha-se calmo.

Observe o fogo. Pouco a pouco a oliveira se queima, chamas calmas a consomem. Acalme-se. O fogo não vai lhe queimar. Siga meu comando, você não sente nenhuma vontade de levantar. Respire.  As chamas mudam de cor. Vermelhas, laranjas, amarelas, azuis, verdes. Mantenha-se calmo, observe as flamas até que toda a oliveira vire cinzas.

Atlas, o titã. No lugar da oliveira, veja Atlas. Ele não carrega nada em suas costas, as chamas destruíram o globo. Respire. Mantenha-se calmo. O globo não é necessário. Siga minha voz. A viagem ainda é longa. O titã está livre.

Quero que você se levante calmamente. Siga minha voz nesse momento. Vamos sair da caverna. Sinta a areia nos seus pés. Toque a areia, mexa sua mão. Mantenha-se calmo. Não há mais neve do lado de fora. O calor toma conta de você, começando por suas extremidades. Siga sua viagem. Casablanca está próxima.

Word Count

L’Esprit du Temps – 1238

The Bet, by Anton Chekhov – 2871

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s